0800 031 2103   (31) 2103-2103

NOTÍCIAS E EVENTOS

Socorro com as mãos: Alguns cliques que salvam vidas.

Uma experiência traumática vivida pelo enfermeiro Eder Júlio Rocha de Almeida, foi o ponto de partida para o desenvolvimento de um aplicativo que pode salvar muitas vidas. 

Depois de quatro anos, ele se lembrou dessa situação e teve a oportunidade de colocar em prática a ideia de ajudar pessoas surdas e mudas. 

Para evitar a repetição desta ocorrência, ele desenvolveu um aplicativo para ajudar deficientes auditivos a pedirem socorro. O projeto faz parte do mestrado de Tecnologia Aplicada à Saúde da Faculdade Promove de Tecnologia. O aplicativo, desenvolvido no projeto do mestrado tem uma interface bem amigável.

O artigo da dissertação do Mestrado em Tecnologia Aplicada à Saúde denominado “Utilização de recursos tecnológicos por enfermeiro: desenvolvimento de um protótipo de acionamento de ambulância para portador de deficiência auditiva” foi publicado em 2020 no Brazilian Journal of Business e saiu do papel com o aplicativo: Socorro com as mãos.
O aplicativo traz uma interface bem amigável. Idoso, criança, analfabeto, todos conseguem manusear, porque ele tem ícones. Então, a central vai ser acionada através desses ícones, que já sinaliza para o policial, bombeiro ou médico do que se trata a ocorrência

 


Publicada em: 04/01/2021


OUTRAS NOTÍCIAS



Doação de equipamentos de proteção Individual para proteção de profissionais contra o SARS-CoV-2.




A faculdade Promove de Tecnologia e o Mestrado em Tecnologias aplicadas à saúde desenvolveram e fizeram a doação usando a tecnologia da impressora 3D


Socorro com as mãos: Alguns cliques que salvam vidas.




Um aplicativo que pode salvar muitas vidas


Aprovação de mestre pelo programa de mestrado da Faculdade Promove de Tecnologia no programa de doutorado




EDMAR ALVES COSME foi aprovado no programa de doutorado em Biotecnologia da Universidade Estadual de Montes Claros


Pesquisadores da UFMG estudam nova forma de tratamento contra o Parkinson




Pesquisadores da UFMG estudam nova forma de tratamento contra o Parkinson


Veja mais notícias